09 agosto 2007

Hitler e o efeito Guggenheim

Vocês leram esta entrevista com Deyan Sudjic no El Pais? O crítico de arquitetura do The Observer (além de ser fundador da revista Blue Print, ex-editor da Domus e curador da Bienal de Arquitetura de Veneza em 2002), ele publicou em 2005 um livro que relaciona arquitetura e poder (The Edifice Complex: how the rich and powerful shape the world).

Na entrevista, ele comenta trechos do livro, como o que revela Hitler como inventor do efeito Guggenheim. Diz também boas frases, como, por exemplo: "quem compra um escritório e não um projeto pode acabar adquirindo uma caricatura". Em outra, ele repete o Pensamento alencastrino (1) : "Parece que [os arquitetos] não podem dizer não". Vale ler.



PS: hoje é uma data histórica! Um ano de Blog do Alencastro! Acharam que eu ia perder esta festa! (serviço: quem estiver em São Paulo, a festa vai ser no Balcão; para a galera do Rio, o encontro é no Braca. Nos vemos lá!)

Marcadores: , , , , , , , ,

6 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Opa! Felicidades, saúde ao blog.

O pensamento alencastrino se não me engano tem raízes no B Bretch

Mas gosto de pensar como um legitimo pensamento alencastrino

Não?

10:01 AM  
Anonymous Anônimo said...

Se essa "arquitetura do poder" contemporânea, os grandes arranha-céus, são como o virus influenza será que não existe a vacina, de poucos efeitos colaterais?

10:34 AM  
Anonymous Anônimo said...

http://www.vivercidades.org.br/publique222/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=1217&sid=5

quanto à originalidade do pensamento, está aí o link, e para uns desdobramentos rápidos em relação a bartleby, tem a sinopse da cosac que deve ser vista (só vai dar para comprar na feira do livro da letras.. vida de pobre com vontades é complicada).

quanto a "dizer não", posso garantir que por aqui, São Paulo, não é nada fácil. para viver só trabalhando, e para trabalhar, só ignorando aquilo em que se acredita. Manuel Cruz, da extinta banda Ornatos Violeta diz na letra de uma musica "Se amor nos serve, amor não dá de comer" ou como alguem sintetizou de modo eximio "não tenho dinheiro suficiente para ser de esquerda".


confesso que fiquei preocupado com a possibilidade de fim de blog. em relação a arquitetura discutida em português está no topo das minhas preferências e espero que continue ativo. fato é que sendo brasileiro certamente vai ter temas de sobra para continuar po muito tempo. cumprimentos e bom regresso.

L.R.

9:24 PM  
Blogger Alencastro said...

Que BB uma ova: é um pensamento alencastrino, ora!

12:57 PM  
Blogger Alencastro said...

Vacina? Por enquanto, não há nenhum laboratório interessado em desenvolvê-la.

12:59 PM  
Blogger Alencastro said...

Oi LR. O Abalo é um cara inteligente, já o Vassal... Não conhecia este texto, assim, o 'pensamento alencastrino' continua original.

Um dica de como viver sem dinheiro? Pergunte ao Paulinho. Passar fome, PODE lhe render no futuro alguns prêmios...

Por fim: não, este blog não acabou. Ao menos por enquanto...

1:03 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home