27 novembro 2006

O vôo solo do Sussekind do Koolhaas

Se Oscar Niemeyer conta com o engenheiro José Carlos Sussekind para colocar suas ideias de pé (antes era o poeta Joaquim Cardozo), Rem Koolhaas tem Cecil Balmond para lhe auxiliar.

Nicolai Ouroussoff publicou no NYT de ontem longa reportagem sobre ele, que acaba de ver concluído seu primeiro projeto solo - uma ponte de pedestres em Coimbra, Portugal.

Nascido em 1943 no Sri Lanka, Balmond mudou-se do país por causa da guerra civil. Sua família foi para a Nigéria e, em seguida, ele transferiu-se para a Inglaterra para estudar engenharia.

Em 1968 começou a trabalha no escritório Ove Arup, em Londres, na época em que desenvolviam a Ópera de Sydney. Hoje comanda o escritório e já realizou trabalhos para, entre outros, James Stirling, Philip Johnson, Daniel Libeskind, Toyo Ito e Alvaro Siza. E também para o próprio Niemeyer (com Sussekind!), no projeto do pavilhão da galeria Serpentine, em 2003.

Mas e o Sussekind? O que faria se fosse projetar algo sozinho?

Marcadores: , , , , , , ,

2 Comments:

Anonymous franka said...

adorei a foto.
é demais mexer em maquete.

2:23 PM  
Blogger Alencastro said...

Acho que é coisa do fotografo...ele nem tinha notado que esta maquete estava no escritório!

2:47 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home