17 novembro 2006

Espírito

Este é o 100° post. A cada cem, teremos um enigma. Vejam só:

"O nosso português é péssimo: pelo menos é o que afirmam os puristas. Mas, é mesmo engraçado reparar como todos aqueles que falam de nós, só se ocupam de questões de linguagem, e nunca do conteúdo das numerosas polêmicas e problemas por nós sucitados. Oh, o espírito de porco reinante!"

Marcadores:

27 Comments:

Anonymous Nei Quanfhier said...

Alencas, acho que desta vez matei a charada: "por (s)ós su_citados".
O erro de português está em suscitados, transcrevo o Houaiss:
suscitar
■ verbo
1 fazer nascer ou aparecer; criar
Ex.: s. novas espécies de plantas e animais
2 ser a causa do aparecimento de; provocar, causar, originar
Ex.: sua luta suscitou adeptos, o ensaio suscitou polêmicas (entre os acadêmicos
3 fazer surgir ou trazer (algo) à mente; provocar, sugerir
Ex.: a colocação de um problema suscita novas teorias, o processo suscitou muitas dúvidas, o trecho lido suscitou-lhe novas idéias, o poema suscitou no auditório fortes emoções
4 ser motivo para; granjear, provocar, motivar
Ex.: entre as virtudes humanas, é a coragem que suscita os maiores elogios, teu triunfo suscitou-lhes inveja
5 Rubrica: termo jurídico.
alegar ou argüir impedimento ou incompetência de outrem para exercer determinada função ou praticar certo ato, ou levantar conflito de jurisdição ou atribuição
O sós não se trata de nós. Transcrevo novamente o Houaiss:

■ adjetivo de dois gêneros e substantivo masculino
1 diz-se de ou o que está, momentaneamente ou não, desacompanhado, separado de outro(s), sem companhia
Ex.: antes só que mal acompanhado, governo de um só
■ adjetivo
2 que é apenas um; único
Ex.: para os monoteístas existe um só Deus
3 que vive fora da sociedade, que prefere o isolamento num espaço, lugar etc.; isolado, sozinho
Ex.: lá se resguarda, retirado e só, janta só em seu quarto
3.1 em estado de solidão (diz-se de quem não consegue conviver); solitário
Ex.: estivesse em meio à multidão, numa festa, em família, sentia-se irremediavelmente só
4 que não é habitado, não freqüentado; deserto, ermo
Ex.: um lugar só e afastado
5 sem ajuda (material ou moral); desamparado, sozinho
Ex.: eu só trabalho nesta casa, assusta-se com a proximidade de uma velhice só
■ substantivo masculino
7 no voltarete, jogo que um parceiro faz somente com as cartas que teve e sem comprar nenhuma

PS: A Vanessa faleceu. Subitamente. Suscitou-me imensa tristeza. Sinto-me um homem só.
As crianças estão inconsoláveis. Très e Jolie esperam a visita carinhosa do titio.
Por favor, avise aos outros. Abraços.

5:32 PM  
Blogger Alencastro said...

Nei, antes de tudo, sinto muito pela Vanessa. Também estou inconsolável...

Lembrei de você ao propor tal enigma: sabia que iria suscitar sua perspicácia. Mas, água velho, água! Pegou a pista errada... apesar de comprovar a tese!

6:46 PM  
Blogger Alencastro said...

Para ninguém mais seguir a pista errada, o trecho em que o Nei se deteve eu postei assim:"sós sucitados".

Mas o certo (e já corrigido), ainda errado, é :"nós sucitados"

7:03 PM  
Anonymous Nei Quanfhier said...

Elementar meu caro alencas, elementar. Mas você há de convir que comprovar a tese já é um grande feito.
Pérolas aos Porcos! Pérolas aos Porcos!... Lavagem aos criadores.
Que reine as polêmicas! Que reine os problemas!...
Mesmo sem minha amada Vanessa não deixar-me-ei tombar neste imenso chiqueiro. Não vou! Graças a você.
Obrigado de coração.

7:35 PM  
Anonymous Anônimo said...

anônimo 1°

sobre o assunto,
deixa eu fazer um paralelozinho.
a turma do PSDB, a do primário bem feito, reivindica a exclusividade da "competência", como corolário de sua "disponibilidade de quadros" (hahaha).

competência esta jamais comprovada (para usar uma expressão que lhes é cara).

noves fora, é mais do mesmo...

laivos e pretensões de "aristocracia"... na república do degredo e das bananas (neste último caso, com muito orgulho, de minha parte)

7:57 PM  
Blogger _intranse said...

Alencastro mantenha-se anônimo !
Keep walking, um abraço.

9:04 PM  
Blogger Alencastro said...

Nei, não seja grato a mim: não tenho nada a ver com seu talento...

10:15 AM  
Blogger Alencastro said...

O anônimo 1°: quem disse que eles são todos do PSDB?

10:16 AM  
Blogger Alencastro said...

Homem_intranse: dei muita pinta, foi?

10:17 AM  
Anonymous Anônimo said...

alen-castro, tu foi passear, foi?

sobre os porcos...
todos não, mas a grande maioria.

mas o que quero dizer, é que existe uma mentalidade, nestes termos, PSDBista, seja do PSDB ou não (em matéria de partido político esse é o que mais expressa essa mentalidade, uma vez que o PFL já não conta mais e, ao fim e ao cabo, façamos um esforço de conferir aos partidos uma representatividade que eles não tem), que, assim elitista, "classista", é metida a "aristocrática", herdeira... e tudo faz, todos os motivos procura encontrar para "produzir a sua distinção".

ver-se "no domínio da língua" é um deles.

(e vive enfiando os pés pelas mãos nisso, se mostrando, justamente, em seus próprios termos, "despreparada")

sp, por exemplo, é o território do português mais mal falado. nem por isso se deixa de ser arrogante por aqui.
aqui seria o lugar onde mais se justificaria não dar pelota para erros... mas qualquer coisa se usa para se mostrar "acima".

povinho de merda!

11:53 AM  
Anonymous Nei Quanfhier said...

Ao meu talento (bondade sua) não, mas ao meu alento sim.
Você não vai me deixar nesta hora tão difícil, vai amigo?

12:41 PM  
Blogger Alencastro said...

Entendi, entendi...

2:40 PM  
Blogger Alencastro said...

Nei, meu caro: estarei sempre a postos.

2:41 PM  
Blogger Alencastro said...

Nei, meu caro: estarei sempre a postos.

2:42 PM  
Anonymous Nei Quanfhier said...

Eu também, meu caro. Eu também.
A propósito, você não esqueceu de publicar um comentário que fiz sobre o enigma? Não acredito que você usou da moderação comigo!?

2:59 PM  
Blogger Alencastro said...

Oh Nei, que comentário? Que enigma? O enigma é neste post, não?

5:58 PM  
Anonymous Nei Quanfhier said...

Vá lá. Mando novamente.
Trata-se do enigma do porco. O das consoantes e vogais já deixei de lado.

Fui ao Houaiss novamente. O certo, mais ainda errado, "Sucitado" vêm de Súcio, não é? Transcrevo:
■ substantivo masculino
indivíduo que faz parte de uma súcia; vagabundo, vadio, marginal
ver sinonímia de pulha
Grande Alencas, é disto que se trata: "numerosas polêmicas e problemas por nós" tornados coisas de súcios - avagabundadas, avadiadas, marginalizadas, empulhadas.
Esse pessoal do conteúdo pega pesado, hein Alencas! De onde você tirou isto!?
Bom, ainda fica a pergunta: quem são os que fizeram isto com as polêmicas e os problemas?
O enigma continua. Depois você diz que eu é que tenho talento...
Abração.

7:49 PM  
Anonymous Nei Quanfhier said...

Oh Alencas, se você me permite, um toquezinho e uma perguntinha para o anônimo 1(?).
Tá certo, nestes termos, que conteúdo, em seus próprios termos, é mais importante, justamente, que o "domínio da língua".
1. Domine a sua língua. Palavrão (em matéria de termo, chulo) não! O Blog do Alencastro não tem, ao fim e ao cabo, censura de idade.
2. Quando te serviram o Portugûes (para usar uma expressão que lhe é cara), o macarrão veio à Bolonhesa?

11:27 PM  
Blogger Alencastro said...

Oh, Nei, vai com calma: assim não te acompanho!

10:52 AM  
Blogger Alencastro said...

Sobre o pito, fique a vontade. Só não vale golpe baixo!

10:56 AM  
Anonymous Anônimo said...

caro nei,

palavrão?!
isso é alemão?
aquelas palavras compostas?

sobre o domínio, não me venha com 'seus termos', falo justamente de DESdomínio.

o serviram é típico, herança né velho?!

desculpe, mas o a bolonhesa eu não peguei... essa foi além do que posso.
essa não me serviram.

mas, tudo bem, não me serve, tampouco.
massa é "prato de fracos", como já disse alguém.

4:54 PM  
Blogger Alencastro said...

Vocês não vão brigar por aqui, vão?

7:07 PM  
Anonymous Nei Quanfhier said...

Não!
Mas, se você me permite, novamente;
explico o que ele não entendeu - que pleonasmo!
O seu português, anônimo 1(?) é macarrrônico. Cheio de vícios que nada acrescentam ao conteúdo - que pleonasmo! O molho bologenhesa é daqueles que qualquer um ,sem exceção, se lambuza quando come. Conselho: tente o alho e óleo, é mais adequado para o seu caso.
Quanto ao palavrão: não é o palavrão em si; estamos num blog que prima pelo bom humor inteligente, não no Congresso Nacional!
Meus filhos Très e Jolie costumam acompanhar as brincadeiras do titio. Respeite pelo menos a meninada - e o seu luto.

Obrigado, Alencas.

12:02 PM  
Anonymous Nei Quanfhier said...

Ah! Esqueci-me. Massa é prato de maratonista, meu chapa. Os caras são mesmo fracos!?
PS: onde se lê bologenhesa, leia-se bolonhesa mesmo. Se bem que o que interessa é o conteúdo...

12:19 PM  
Blogger Alencastro said...

Gostei desta parte: "um blog que prima pelo humor inteligente". Tô pensando em até colocar no sub-título do blog. Já pensou?

BLOG DO ALENCASTRO: um blog que prima pelo humor inteligente.

Legal, heim?

12:44 PM  
Anonymous Nei Quanfhier said...

Para mim, seria uma honra.
Eu, que sempre lhe admirei...responsável pelo sub-título do seu blog?
Nunca pensei, Alencas. Nunca pensei que poderia chegar a tanto.
Estou emocionado!

2:13 PM  
Blogger Alencastro said...

Calma, calma... Ainda vou pensar

2:52 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home