04 junho 2007

Kamikaze

Vocês viram na Folha impressa de hoje (no UOL não tem o croqui) a primeira proposta de Niemeyer para transformar o prédio do Detran no MAC? Tá certo: criado para ser um prédio administrativo, certamente o edifício terá que sofrer alterações para abrigar um museu. Segundo a reportagem - de Fabio Cypriano -, o projeto dele está baseado em três pontos:

1. Mudar a circulação;
2. Destruir dois andares para aumentar o pé-direito em alguns pontos;
3. Fechar as aberturas de vidro, "para dar maior condição de abrigar exposições".

Até ai, tudo razoável. No entanto, ele afirmou que "será um novo edifício". O croqui que aparece na capa da Ilustrada é do fundo, com um aumento do volume da torre de circulação. A sutileza do desenho original dá lugar ao peso dos 100 anos nas costas. A capacidade dele estragar um prédio com interesse que ele mesmo fez está ficando cada dia maior. Imaginem como será que ele irá fechar os caixilhos?

Algum amigo terá coragem de dizer que assim ele irá acabar com o prédio ou a proposta terá que ser (novamente) barrado pelo pessoal do tombo?

Marcadores: , , , ,

11 Comments:

Anonymous Alberto said...

A culpa é da própria Folha, que junto com outros setores da mídia o faz acreditar que ele ainda pode trabalhar. Se pegassem pesado com ele, ele se tocava. Aliás, esse comentário vale para Fidel Castro, Dercy Gonçalves, Zé Celso e, last but not least, Romário.

7:32 PM  
Blogger Alencastro said...

Pô Alberto, agora a culpa é do jornal? O problema é de quem contrata, não?

7:52 PM  
Anonymous Anónimo said...

Admitam, somente o Niemeyer mesmo para ter peito de estragar um autêntico Oscar!

9:52 PM  
Blogger _intranse said...

...ou de quem ele, Oscar, sub-contrata.
abs

2:16 AM  
Anonymous Alberto said...

Em termos. Caderno de cultura não só notícia, senão vira press release gratuito. Caderno de cultura é enfoque - e voc~e, como leitor do NYT deve saber bem do que eu estou falando. Não há um arquiteto renomado do starsystem de quem não caima de pau de vez em quando. Voltemos pra Banânia. Há pelo menso uns 15 anos, tod o que o niemeyer projeta, diz ou escreve seria digno de dó, sarcasmo ou devastação , dependendo do gosot do crítico. Mas como, criticar o niemeyer é por tabela criticar o seu "cliente", ninguem quer o ônus político de atacar prefeitos, goverandores e presidentes. E dizem amém pra esse freakshow que já poderia ter acabado faz tempo. Que falta faz um Paulo Francis.

10:45 AM  
Blogger GUGA ALAYON said...

estou há oito meses tentando aprovar no condephat e compresp uma reforma em um sobrado de 5 mts de testada a 1 km do Instituto Biológico. Acho que vou chamar o Niemeyer para me dar uma mãozinha.

11:36 AM  
Blogger Alencastro said...

Só mesmo ele, Anónimo!

12:34 PM  
Blogger Alencastro said...

_in transe, seu comentário pode ser resposta a todos os comentários acima...

12:35 PM  
Blogger Alencastro said...

Tá certo, Alberto: ninguém fala nada mesmo. Mas veja o conforto de do político: imagina o problema que seria contratar outro arquiteto com o velho ainda vivo? Muito mais fácil, independente do resultado arquitetônico, contratar o cara.

E eles ainda faram que o espaço será inaugurado nas comemorações dos 101 anos do velho! Estamos perdidos! Será que ele não vai morrer?

12:39 PM  
Blogger Alencastro said...

Guga, o pessoal do tombo não gosta muito do velho; deixa para lá. Já sei chama o paulinho que ele aprova tudo!

12:41 PM  
Blogger Alencastro said...

Guga, o pessoal do tombo não gosta muito do velho; deixa para lá. Já sei chama o paulinho que ele aprova tudo!

12:41 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home