19 dezembro 2006

Prêmios, prêmios...


Ontem à noite foi divulgado, no Masp (meio vazio), o resultado da premiação do IAB/SP. Algumas surpresas. Bom, Marcelo Suzuki ganhou o prêmio Rino Levi como o Fórum de Cuiabá (imagem que ilustra o post), que havia passado quase incógnito pelo júri da 6ª BIA - que premiou a escola do FDE do MMBB e uma praça particular de Isay Weinfeld.

Outro inesperado resultado do prêmio IAB/SP, que deve ter causado uma úlcera em alguns projetistas: a escola particular de Biselli e Katchborian, que subverte a espacialidade do brutalismo paulista, ganhou das propostas públicas de Bucci/Puntoni e de Ubyrajara Gilioli, que ficaram em segundo plano, com menções honrosas.

Já o Museu Rodin - que inaugura hoje e ganhou um prêmio na Argentina e outro na Bienal de Brasília - não tem valor nenhum para o júri do IAB/SP...

Marcadores: , , , , , , , , , , , ,

14 Comments:

Blogger : : : m a v e r i c k : : : said...

and the winner is....
oe, to de volta, preciso atualizar o MEU blog...tá bem caidinho...sem novidades em decorrência da minha vida atribulada. enfim, passei para ver se tinha algum lançamento polêmico - arquitetônico. too late, pelo visto rolou ontem né?
tá vendo, muda o nome do blog para Alen-caras...rssss

2:04 PM  
Blogger Alencastro said...

Ô Maverick, o mesmo de sempre: "eu não ganhei...", "eu ganhei..." "também, com esse júri..." etc

Agora, sobre sua sugestão, bem que eu queria ter o alcance da Caras... Já pensou ser lido em todos os cabelereiros do país?

3:25 PM  
Blogger Alberto said...

De acordo. Claro, ce já tinha lido isso no architecture ;)... Ok, I´m kidding; mas realmente há algo de podre no reino dos jurados já faz um tempo por aqui.

6:53 PM  
Anonymous Anônimo said...

(anônimo 1°)

a escola do biselli é mais uma das muitas/sempre colagens que ele "pratica" (tem até um "trecho" que é um arremedo rídiculo do MVRDV). esse moço é bom de memória visual (pras ingênuas nêgas dele) e tem grana para comprar livros e revistas importados com figurinhas (na verdade, figuronas, hehehe) - leiam um texto que ele tenha escrito para sacarem o lance.

a de bucci/puntoni, é também o velho (e bom e "seguro", na velha tradição "moderna") arremedo "culto" y "monotemático". mas agora com uma "licença poética" à la Lina. depois de "legitimada" pelos estrangeiros - porque, paulistano que se preze, não preza "brasileirices".

suzuki mantém, em chave própria, caipira no comedimento, a matriz Bardiana, não sem certo decréscimo.

a escola de gilioli é uma arquitetura despretenciosa, até porque "datada", mas "correta" (no mau e no bom sentido), mas feioooosa!

no conjunto, a constante presença de escolas em premiações recentes denota as ações do campo (bourdiano) arquitetônico "promotor" (FDE), em permanente cenário "de escassês" e mesquinharia de toda ordem (os arquitetos, elegantes e unidos, contra a sociedade).
o Fórum, neste quesito, foge, um pouco, à regra.

assim caminha a humanidade...

12:22 AM  
Anonymous Artigas said...

"que subverte a espacialidade do brutalismo paulista"?

1:01 AM  
Anonymous peri s.c. said...

Pausa técnica : curioso um detalhe do Forum de Cuiabá : o tal tabuado
( solução " high tech cabocla " , êta , conforme a ArcoWeb ),vai ser lixado por quem
daqui uns 3 anos ?
Ou será que foi feito de maçaranduba ou outra poderosa madeira nativa resistente
ao senegalesco sol cuiabano e aos pululantes cupins pantaneiros ?

8:25 AM  
Anonymous franka said...

alencastro, você é um homem muito corajoso...

12:16 PM  
Anonymous fernando cals said...

Oi, Alencastro
Belos projetos e premiação bacana.
Como sempre, certamente, opiniões diferentes aparecerão. Destino da Arquitetura.

No mais, cá estou para desejar um Feliz Natal, um Ano Novo dos bons, Saude, Paz e muita felicidade.
Abração
fernando cals

7:47 PM  
Blogger Alencastro said...

Alberto, não me lembro de ler isso no architecture (que tem coisas ótimas), mas, lendo ou não lendo, isso não é nenhuma novidade. Não sei se há algo de pobre, mas vale os comentários...

11:45 AM  
Blogger Alencastro said...

Ô anônimo: repara, a escola do Gilioli não parece a estação Pessego do Toscano? Até na cor!

11:49 AM  
Blogger Alencastro said...

É Artigas, parece que estão tirando sarro da 'sua' espacialidade! É só uma forma de ajudar a desencarnar algumas almas penadas...

11:53 AM  
Blogger Alencastro said...

Você acha mesmo Franka?

11:54 AM  
Blogger Alencastro said...

Igualmente, Fernando, igualmente...

11:56 AM  
Anonymous Anônimo said...

o primeiro a subverter a espacialidade do brutalismo paulista foi o paulinho. pelo menos em termos "cultos". os demais, pós-modernos modernos que são, "jogaram o jogo" (ainda que para além do tempo regulamentar... e um jogo, na verdade, não-arquitetônico - no final, a arquitetura é só pretexto para o que pré-tendem).

é, alen-castro, sobre gilioli, parece que tem o "tecnicismo caipira" do toscano.

mas quero aproveitar para fazer uma meia mea-culpa (pensando um pouco mais e vendo as fotos...). o fórum do suzuki é bem bom, descontado o programa "descabido" e o que ele acarretou "em planta" (talvez também a localização na cidade...).

(o que relego aos ossos da "real realização" arquitetônica em contexto adverso, não nos termos mais correntes: o "despreparo do cliente" - e sem exclusividades ao sertão; também neste sentido o sertão está em todos nós e em todo lugar).

o decréscimo é "epocal". nos leva a todos, no bojo.
mas, a reação a ele não é igual.
aí mora a serpente.

5:27 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home