19 setembro 2006

Gehry nas alturas

Os problemas com o aumento dos custos das obras não acontece só aqui. Deu no NYT: as estimativas da construção do The Grand Avenue, "a mais ambiciosa iniciativa multifuncional do centro de Los Angeles"subiu de 750 milhões, calculados há três anos, para os atuais 1,8 bilhões de dólares.

Frank Gehry, o autor do projeto, promete colaborar e modificar alguns detalhes para que o custo da primeira fase abaixe.
Segundo aos envolvidos, tal elevação deve-se ao proporcional aumento dos custos da construção civil, provocado pela grande demanda atual nos Estados Unidos.

Além da base, com conformação típica de Gehry, o complexo de Los Angeles possui ainda duas torres, tipologia que o arquiteto pouco desenhou: a primeira e maior possui 47 andares (destinada um hotel e 250 apartamentos) e outra, mais baixa, possui 25 andares (com 15o lofts e 100 apartamentos de luxo).

Se a bolha imobiliária dos Estados Unidos não vier antes, o projeto de Gehry tende a alimentar a presente revalorização de downtown de LA - iniciada com o Walt Disney Concert Hall (de Gehry), a nova Catedral (de Rafael Moneo) e a sede da companhia de trânsito (de Tom Mayne).

Marcadores: , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home