31 janeiro 2007

Balzaca

Completa hoje 30 anos a inauguração do Centre Georges Pompidou, em Paris.

O prédio sempre será um bom exemplo para aqueles que defendem os concursos de arquitetura. Imaginem vocês, principalmente aqueles que se acham jovens arquitetos talentosos, que Richard Rogers e Renzo Piano, quando venceram o concurso (em 1971), tinham 38 e 34 anos, respectivamente. E praticamente nada haviam projetado.

Desenhado para receber sete mil visitantes por dia, o Pompidou suportou mais de 20 mil por 25 anos. Depois da reforma, realizada há cinco anos, o centro limitou o acesso. Agora, por exemplo, há necessidade de pagar para subir as escadas rolantes - transformadas em atração turística.

A história dos bastidores do concurso daria um grande livro - se é que já não existe. Quem estava no júri? Oscar Niemeyer. Entre os brasileiros que concorreram, Paulo Mendes da Rocha e Pedro Paulo de Melo Saraiva.

Marcadores: , , , , ,

2 Comments:

Blogger Felipe said...

Existe um livro publicado em 1987 que conta a estoria do projeto, muito bem ilustrado: Du Plateau Beaubourg au Centre Georges Pompidou. Claro que não trata da restruturação feita no fim dos anos 90 por Piano.

8:24 AM  
Blogger Alencastro said...

Vou procurá-lo, Felipe.

11:24 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home