30 janeiro 2007

Que meda!

“Se eu não tivesse escolhido ser músico, eu teria sido arquiteto”, disse Gilberto Gil na abertura da exposição de Niemeyer, no Paço Imperial.

Já imaginaram as obras que ele iria criar?

Marcadores: , ,

6 Comments:

Anonymous gugala said...

Ia querer meter um expresso 2222 em cima do minhocão.

7:02 PM  
Anonymous peri s.c. said...

No mínimo , carnavalizantes .

8:23 PM  
Blogger Alencastro said...

É Gugala, ou então fazer uma batmakumbayêyê ou outra batmakumbaoba..

12:22 PM  
Blogger Alencastro said...

Oh, Peri, há quem diga que não tem nada de carnavalizante. Parece que o homem é escola paulista pura. Veja só:

"O verdadeiro amor é vão,
estende-se, infinito
Imenso monolito,
nossa arquitetura"

12:26 PM  
Anonymous Anônimo said...

kkkkkkkkkk, maravilhoso Alencastro!
abs.

3:11 PM  
Anonymous Anônimo said...

(anônimo 1°)

tô com o alen-castro. no sentido de ver 'qualidade', mas não exatamente aquela qualidade "demarcada".

alguém pode dizer que, na música, Gil não fez alguma coisa de muito respeitável?

estimo que seria um grande arquiteto.
e, a julgar por sua contribuição na música, sua arquitetura faria da nossa coisa mais variada e rica.

os comentários depreciativos são "totalitários". defendem um "pensamento único". internamente colonizador e, em relação ao meio externo, colonizado.
mas que gentalha!!!!!!!!

por que não realizam o "chamado que os atormenta" e não vão 'engrossar o caldo' de nossos emigrados, espalhados pela europa e eua?
alegres serviçais-consumidores.

o que os impede?

1:57 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home