16 abril 2007

Livros na Lorena


O bairro dos Jardins, em São Paulo, sempre foi muito pobre em termos de livrarias. Isso em comparação a farta variedade de produtos que oferece. É claro que tem a Gaudí, renascida na mesma Augusta, a Agosto Augusta e a Casa Verde - e por fim, a Cultura, lá no alto. Mas agora, eis que surgem três novas livrarias, todas na alameda Lorena.
A primeira a se instalar, foi a Almedina (do outro lado da 9 de Julho). De origem portuguesa e especializada em livros jurídicos, a loja foi desenhada pelos badalados irmãos lusitanos Aires e Mateus (imagem que ilustra o post). Depois, veio a Teixeira, antiga livraria do centro de São Paulo aberta a três semanas - com um espacinho meio sem graça.
E para terminar, a badalada nova unidade da Livraria da Vila, criada por Isay Weinfeld. Nada de mais, mas concorridíssima. A obra parece não estar acabada (reparem nas luminárias e na pintura...) e por isso mesmo parece até um plágio do Isay, que sempre assina construções impecáveis...

Marcadores: , , ,

4 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Realmente a Almedina é uma livraria linda e com muitos livros interessantes, foi um ótimo comentário

11:32 AM  
Blogger Alencastro said...

A livraria é sua?

6:45 PM  
Anonymous koob said...

Ué Alencastro ...
Como assim falando bem, do Isay???
Logo vc que criticou tanto o Mocotó ...
Logo ele que é Mackenzista....

3:52 AM  
Blogger Alencastro said...

Eu falei bem? Credo..

12:19 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home