07 novembro 2006

"Nós trabalhamos angustiados"


Depois de viver seu período de sapo, Paulo Mendes da Rocha vive sua fase de príncipe.

Dia 24 estava em Nova York dando palestras na Cooper Union; dia 30, voltou a São Paulo para receber o prêmio Bravo! ; dia 1° já estava almoçando na embaixada brasileira em Washington, onde deu palestra no National Building Museum.

Quem informa sua passagem pela capital do capitalismo é o Washington Post em matéria reproduzida também no San Francisco Chronicle. No texto da reportagem, as frases de efeito de sempre:

"Construir cidades não é uma piada. Não é um jogo"
"Não existem kilowatts para pobres e kilowatts para ricos"
"O fundamental é o abrigo"
É só ele deixar a barba crescer para começarem a confundi-lo com Antônio Conselheiro...

Marcadores:

5 Comments:

Anonymous peri s.c. said...

Como seus seguidores , podemos prestar modesta homenagem , oferendo a ele um elegante cajado Caran D'ache

10:32 AM  
Blogger Alencastro said...

Seguidores Peri? Qual deles é você ali na imagem? O barbudo ou o que carrega a bandeira?

11:30 AM  
Anonymous Anônimo said...

Ele, já um 'conselheiro', ainda que cordialmente ungido. Paulinho... para os próximos.
já tem seguidores-repetidores, sem talvez ter profetizado.
tem seu séquito, sua tábua salvadora, seu dogma; muitos já lhe juraram fidelidade e fé, interessados de diversos modos em compor a eclesiástica ordem, organizados templários guerreiros de toda hora e circunstância, enfim...

que sejam feitas as vossas vontades, amém. (agora, mais do que nunca)

2:21 PM  
Blogger Alencastro said...

É, cada um reza para o santo que merece...

3:04 PM  
Anonymous peri s.c. said...

Nem um nem outro . Seguidores no sentido oportunista da palavra , quem sabe não sobre alguma boquinha ? Cobro 10% a menos que ele , algum cliente também oportunista pode querer se aproveitar do desconto .

3:32 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home